Projeto Nagô: Ensino de Literatura infantil para promoção da igualdade racial

O projeto em tela trabalha com a formação de professores em perspectivas voltadas aos Direitos Humanos e à formação de professores na perspectiva antirracista. É desenvolvido pelo professor proponente desde 2017 mudando a temática a cada edição, mas conservando o escopo do combate ao racismo e às opressões interseccionalizadas em raça, classe e gênero. A edição proposta, toma como ponto de partida a literatura infanto-juvenil como fonte de promoção da educação étnico-racial com foco nas produções tematizadas e produzidas por autores/autoras negros/negras, bem como os direitos que emergem dessas obras. Tem como objetivo proporcionar discussões sobre questões que envolvam o combate ao racismo, bem como de valorização da cultura, religião, língua e identidade afro-brasileira. Para tanto selecionamos 8 obras, que serão trabalhadas em encontros (giras), realizados uma vez por mês, aos sábados de 08h00 às 11h30. As giras serão divididas em três momentos: 1) Pré-leitura: leitura das obras indicadas, que serão disponibilizadas em formato digital (quando houver) aos participantes do projeto; 2) Mesa redonda: discussão dos pontos de maior realce nas narrativas; 3) Oficina: momento de construção de material didático, e/ou discussão de práticas possíveis a partir dos textos. O projeto será divulgado nas redes sociais, escolas e demais espaços de comunicação, a fim de que a seleção possa ser amplamente divulgada. Serão selecionados 90 integrantes, dos quais não será cobrada qualquer taxa de inscrição. O projeto será desenvolvido totalmente on-line pelo Google Meet, e contará com a mediação do coordenador do projeto, alunos da graduação, e colaboradores da comunidade externa.

Datas das giras de 2023 para você se programar.

 1° fase (2023) – de 29/07 a 09/12

Gira 1 – dia 29/07 – Abertura do projeto com live na página do Youtube;

Gira 2 – dia 26/08 – A máscara de Anastácia: incentivando os falares das crianças negras nas escolas e na vida;

Gira 3 – dia 23/08 – Emicida e suas provocações literárias: Amoras e E foi assim que eu e a escuridão ficamos amigas;

Gira 4 – dia 23/09 – Lukenya e seu poder poderoso e Meu crespo e de rainha: falar do cabelo com as crianças e adolescentes

Gira 5 – dia 28/10 – Oficina de leitura de poesia e interpretação de poesia: Cuti, Conceição Evaristo, Noèmia de Sousa, Carolina Maria de Jesus e Salgado Maranhão.

Gira 6 – dia 25/11 – Oficina de produção de poesia e texto poético;

Gira 7 – dia 09/12 –  Apresentação dos textos poéticos e encerramento da primeira fase do projeto.